Enilda Lins: “Se o Senhor não estivesse do nosso lado quando os inimigos nos atacaram, eles já nos teriam engolido vivos, quando se enfureceram contra nós; as águas nos teriam arrastado e as torrentes nos teriam afogado”; Salmos 124:2-4.

Para Memorizar e Refletir:

“Se o Senhor não estivesse do nosso lado quando os inimigos nos atacaram,
eles já nos teriam engolido vivos, quando se enfureceram contra nós;
as águas nos teriam arrastado e as torrentes nos teriam afogado”; Salmos 124:2-4.

Este Salmo foi escrito por Davi e, teve como cenário, a perseguição dos filisteus ao povo de Israel, logo após eles terem vencido e matado Saul. Pensavam os filisteus que já possuíam o domínio da Palestina, mas, ao tomarem conhecimento que Davi ocupara o lugar do rei morto, partiram enfurecidos em perseguição a novo rei e ao seu povo. A situação do povo era bastante delicada, haja vista que já vinha da guerra anterior onde ocorreram baixas consideráveis. O povo corria um grande risco de sobrevivência. Davi então, só tinha uma forma de livrar o seu povo, recorrer Àquele que poderia trazer a vitória, o SENHOR!

Ele então inicia o Salmo dizendo: “Se o Senhor não estivesse do nosso lado…” (v.1). Tratava-se de um inimigo poderoso que eles não podiam conter sem o auxílio de Deus. Davi usou algumas figuras para ilustrar os prováveis resultados caso o Senhor não estivesse ao lado deles quando foram atacados. A primeira delas foi a de um animal feroz – “Eles já teriam nos devorado vivos por causa da sua ira ardente contra nós” (v.3). Imagine a agonia e a dor de ser devorado por uma fera! Podemos então ter idéia de como os israelitas se sentiram diante do poderoso inimigo. Davi também comparou a força mortal dos seus perseguidores a uma forte correnteza que arrasta, afunda e afoga suas vítimas – “As águas já teriam nos afundado, a correnteza teria passado sobre a nossa alma” (v.4). Ao usar tais figuras o salmista faz ver a todos que a morte do povo e a destruição de Israel eram certas se o Senhor não tivesse impedido o inimigo.

SE NÃO FOSSE O SENHOR que esteve ao meu lado, eu teria afundado nas águas profundas que um dia sobrevieram sobre mim! SE NÃO FOSSE O SENHOR que esteve ao meu lado eu teria sucumbido! Ou, eu não teria resistido! Quem um dia não já exclamou assim?

SE NÃO FOSSE O SENHOR que esteve ao lado de Daniel na cova dos leões, ele teria sido devorado pelas feras! SE NÃO FOSSE O SENHOR ao lado de Sadraque, Mesaque e Abdenego, eles teriam sido consumidos pela fornalha ardente! SE NÃO FOSSE O SENHOR ao lado de Josué, ele não teria jamais condições de derrubar as muralhas de Jericó e vencer aquela batalha! SE NÃO FOSSE O SENHOR que esteve constantemente ao lado de José, ele teria mofado nas cadeias do Egito! SE NÃO FOSSE O SENHOR que esteve ao lado de Paulo, ele teria sucumbido nas mãos dos inimigos! SE NÃO FOSSE O SENHOR que esteve ao lado de Pedro ele teria saído da prisão para a morte!

AH! SE NÃO FOSSE O SENHOR AO LADO DE CADA UM DE NÓS, A NOSSA VIDA SERIA UM FRACASSO TOTAL, SEM ESPERANÇA ALGUMA PARA O FUTURO!

O Senhor ao nosso lado faz toda a diferença! Caminhar tendo o Senhor ao nosso lado nos faz sentir e ter segurança. Haja o que houver. Pode surgir à nossa frente o Mar Vermelho que for, e Ele nos fará atravessar a pés enxutos! Pode aparecer o mais terrível Golias, e não temeremos, pois, o Senhor está ao nosso lado. Ele é o nosso socorro, como podemos ler no Salmo 124.8: “O nosso socorro está no nome do Senhor que fez os céus e a terra”.

Para Davi, ter Deus ao lado significa que seus servos podem descansar em paz, sabendo que ninguém é mais poderoso que o nosso Senhor. Deus quer andar ao nosso lado sempre, todos os dias na nossa caminhada aqui na terra. Mas, você quer? Será que eu quero? Faz-se necessário, pois, que queiramos caminhar lado a lado com Jesus. Caminhar com Ele todos os dias faz com que alcancemos vitórias nas batalhas que travamos em um mundo tão hostil, pervertido e tão atribulado. Quando chegarem aqueles momentos mais difíceis, e nossas pernas começarem a ficar trôpegas, e os nossos joelhos vacilantes pelo medo, Ele nos segura pela mão e, muitas vezes até nos pega no colo.

O Senhor está sussurrando com sua doce voz dizendo: “Não temas, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu. Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas. Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, o Santo de Israel, o seu Salvador…” (Isaías 43:1-3). Com o Senhor ao nosso lado, a vitória sempre será certa! Que possamos dizer como Davi: “O nosso socorro está no nome do Senhor, que fez os céus e a terra”. (v.8). Pense nisso! Bom Dia! ❤🌹🦋

E. L.

Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.